Quer deixar o sedentarismo pra trás, mas detesta malhar?

Só de pensar naquelas séries, naquelas repetições, nas máquinas de academia e coisas do tipo, você já sente vontade de voltar para o sofá e ligar a TV?

É, muita gente não consegue ir muitas vezes pra academia, porque acha que os exercícios são muito repetitivos, se comparados com os de algum esporte ou alguma dança.

Há diversas maneiras de você exercitar o seu corpo, e todas elas fazem muito bem para a saúde, assim como malhar. Você pode escolher fazer aquela que você vê como algo divertido e não como uma obrigação. Entre os esportes, existe o futebol, o vôlei, o basquete, a natação, etc.; também tem as danças, entre elas, ballet, dança de salão, jazz, hip hop, sapateado, etc.; você também pode escolher algo mais livre e que você pode fazer por conta própria, como andar de patins, pedalar de bicicleta, caminhar ou correr perto da sua casa, enfim, há muita opção boa pra sair do sedentarismo e começar a ter uma vida mais saudável. Uma opção que mexe com o corpo todo, ajuda na postura e ainda faz muito bem pra saúde é o pilates.

Nós entrevistamos a professora Magda Pinheiro, que é formada em Fisioterapia pela Fanor, tem pós graduação em Fisioterapia em Traumo-ortopedia e Desportiva pela UniChristus. Ela tem especialização em Pilates, pela Fisiolife, e já ensina há um ano.

Aqui vai a nossa pequena entrevista, pra você que ainda não conhece muito ou quer saber mais sobre o pilates:

1. Como funciona o Pilates e como ele pode ajudar as pessoas a entrarem em forma?

O Pilates é um sistema de exercícios controlados realizados, com princípios específicos, onde vários músculos do corpo são trabalhados ao mesmo tempo através de exercícios suaves e contínuos, que objetivam desenvolver o corpo de maneira uniforme, melhorar respiração, flexibilidade e amplitude articular, consciência corporal, concentração e unificar corpo, mente e espírito.

2. Como o Pilates pode se tornar um aliado do condicionamento físico?

Ele se alia por fortalecer e melhorar o desempenho da musculatura, melhorar a postura e, principalmente, respiração. Também pode ser associado a exercícios aeróbicos.

3. Qual a diferença entre pilates e ioga?

A visão das práticas. Pilates é procurado por quem quer trabalhar o corpo e ioga por quem quer buscar um elo do meio interior com o exterior. A respiração que é realizada no Pilates inspirando pelo nariz e expira pela boca e na ioga a inspiração e expiração só pelo nariz. O Pilates utiliza de aparelhos específicos para sua prática, apesar de haver o Pilates solo que pode não serem utilizados, e na ioga não.

4. É possível praticar o Pilates em casa com alguns exercícios básicos?

Sim. Quando o exercício é gravado na memória e os princípios entram no estágio automático do aprendizado motor, é possível que se realize exercícios em casa.

5. Qual a média de calorias gastas em 1 hora de aula de pilates?

Queimar calorias não é o principal objetivo. Pode auxiliar no emagrecimento na questão da tonificação muscular do corpo todo, acelerando o metabolismo, o que aumenta a queima de calorias no repouso, model e define os grandes músculos do corpo e melhora a postura criando um corpo mais alongado aparentando um emagrecimento. Para perder peso se pode associar o Pilates com exercícios cardiovasculares.

6. Há uma idade mínima ou máxima para se praticar Pilates? Mulheres grávidas podem?

Não há idade para a prática. Hoje o Pilates é praticado por crianças e pode ser praticado até a melhor idade. Sedentários, atletas, gestantes, cadeirantes, todos podem praticar a técnica. O método é como uma ponte entre o treino físico e terapêutico podendo ser adaptado, costumizado e modificado para a necessidade de cada pessoa.

Para mulheres grávidas, de maneira geral, exercícios moderados, muitos exercícios de alongamento e fortalecimento são saudáveis para mulheres com uma gravidez sem risco e podem ser bons para o corpo e a mente da mulher durante a gestação. Porém, deve-se ter algumas precauções como, por exemplo, não forçar músculos abdominais, tomar cuidado com a coluna lombar, entre outras, mas principalmente não se iniciar uma atividade totalmente nova no primeiro trimestre.

7. Há alguma condição médica que contra indique a prática de Pilates?

Não há contra-indicação para o Pilates.

8. Dicas para quem quer começar: como escolher uma boa academia? Que equipamentos não podem faltar?

Deve-se escolher um bom estúdio a partir da qualificação dos profissionais, os quais devem ser Fisioterapeutas ou Educadores Físicos, mas é bom sempre se fazer uma aula experimental para conhecer melhor. Um completo e satisfatório programa de Pilates pode envolver somente exercícios realizados nos aparelhos ou no solo, sem acessórios ou utilizar vários deles. Cada aula oferece uma ampla variedade de exercícios de forma que nenhuma aula é igual a outra.

 

Agradecemos à Magda pela consideração e também por apoiar a nossa campanha, com tanto carinho. Amanhã, às 9h, ela dará uma aula de pilates no Centro de Humanidades II, da UFC. A aula acontecerá dentro do Auditório da História, no primeiro andar do bloco de Comunicação Social, e será aberta ao público. No final da aula, haverá entrega de toalhinhas e um sorteio. Participem!

Anúncios

Deixe um comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s